Gênese

A origem da articulação Universidades e Movimentos Sociais — pesquisa militante, educação popular e bens comuns, criada em decorrência do seminário internacional Diálogos Universidades e Movimentos Sociais na América Latina: pesquisa militante, construção de conhecimentos e bens comuns realizado em 2014, no Rio de Janeiro, tem uma trajetória mais longa.

Esse trabalho consolidou-se em algumas atividades conjuntas como sessões de apresentação do tema em simpósios, seminários e congressos (na Universidade Estadual do Rio de Janeiro, na Universidade Federal Fluminense e no congresso da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional), além de oficinas de discussão, realizadas na Fiocruz. O grupo originário ampliou-se e deu origem ao projeto Movimentos Sociais e Universidades no Rio de janeiro (2013-2014) financiado pela Faperj, o qual congregou pesquisadores de diferentes universidades do Rio de janeiro, das Ciências Sociais e do Direito, na elaboração de estudos e pesquisas-ação acerca da relação entre a universidade e os movimentos sociais.

Essa primeira etapa do projeto formal chegou a termo com a organização deo evento internacional acima mencionado, quando mais pesquisadores do Brasil e de outros países da América latina e da Europa uniram-se aos do Rio de Janeiro e criaram a articulação Universidade e Movimentos Sociais — pesquisa militante, educação popular e bens comuns.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s